The Cry of a Church

Acredito que cada vez mais as pessoas vêm perdendo a capacidade de escutar Deus por si próprias e encontrar e admirar a Deus na Criação que ele nos deixou e principalmente, interpretar os sinais de Deus em suas próprias vidas para ser uma pessoa melhor a cada dia. Isso se observa no grande aumento das igrejas evangélicas (que cobram até entrada, isso se tornou um comércio e meio de vida lucrativo).

Com a invenção da certeza e da segurança o povo se acostumou com a comodidade e segurança de ter para tudo a resposta pronta e um molde de "siga-nos e vai dar tudo bem no final". Eles esquecem que Deus nos criou à Sua imagem e semelhança. Trazemos dentro de nós uma partícula da Divindade e por isso somos criadores de novos estados de espírito, novos pensamentos. O único a se seguir é o Filho de Deus feito carne pela voz Divina como Jesus Cristo o Nazareno que nos ensinou a lei mais básica, pura e difícil de seguir que se pode escrever "Ame aos outros como a si mesmo".

Em uma época em que o amor de si mesmo é um "bem" altamente procurado pelo povo (olhe a quantidade de livros de auto-ajuda que há no mercado), como eles podem amar os outros se não se amam?

Não se amam. Pois têm uma certeza "Não somos bons, não merecemos amor de Deus." Nessa certeza que reside o mal, que corrói a fé de serem melhores do que são agora. Todos são capazes, bastam escolher. Prova do amor de Deus é o fato do livre arbítrio, mesmo sabendo que podemos ignorar Sua presença em nossos corações Ele nos deu a capacidade de o fazer e nos deu Liberdade de Escolha. A maioria escolhe o caminho mais fácil que são dos prazeres carnais, isso dá uma felicidade temporária que somente depois o povo descobre isso e preenche esse vazio com mais prazeres ao invés de buscar a constância de felicidade que é a Admiração e a conseqüente Paz de Deus.

Ter Admiração é uma fonte poderosa de Paz e felicidade, quando entramos em estado de admiração até nossas ondas cerebrais se sincronizam com os batimentos do nosso coração (provado cientificamente pelo Instituto HearthMath). Esse estado de Admiração é o que sentimos Deus falar conosco, é o que sentimos estarmos conectados com Algo Maior, sentimos nosso propósito.

E o povo esquece disso, que  Deus pode nos falar maravilhas onde estivermos, basta abrirmos nossos ouvidos do coração para que Ele o faça. Quando perdemos a capacidade de Admirar e ganhamos mais certezas é onde conseguimos sair da Graça Dele.

Mas, como sempre, "Sei que nada Sei." Mas sei que não tenho certeza.

Anúncios