Planeje os Objetivos para o Caos

Quando eu trabalhava com Simulações Computacionais, o objetivo das simulações em si era verificar nas piores condições de Mar, Correnteza, Layout e arquitetura submarina. Isso evitava mais erros no design dos equipamentos submarinos, retrabalho e a leve desculpa de engenheiros dizendo que “Meu equipamento não foi construído para isso.”

Essa filosofia de sempre analisar os riscos estando focado para esperar o pior caso possível me levou a transmitir isso para a minha cultura interna e hábitos do dia-a-dia. Com essa filosofia de se preparar para o pior, hoje posso dizer a para mim quando algo sai errado “Não me diga que as circunstâncias não foram ideais. Diga que vai aprender com isso para estar mais preparado na próxima vez.”

Essa filosofia pode ser extremamente útil para continuar com seus objetivos e viver uma vida saudável – especialmente quando a vida fica complicada.

Digamos que você tenha um objetivo que você deseja manter de forma consistente. Por exemplo, ir a academia três vezes por semana ou meditar por cinco minutos a cada manhã. Se tudo correr como planejado, então fazer a rotina e cumprir seu objetivo não é muito difícil. Se você acordar na hora certa, então você deve ter os cinco minutos extra para meditar pela manhã. Se o tráfego da hora do rush não for tão ruim, então você deve chegar a tempo na academia para ir ao trabalho em seguida.

Basicamente, se não houver interrupções inesperadas, você só precisa estar lá para fazer acontecer.

Mas quando a vida fica complicada e caos começa a acontecer, é quando começamos a vir com desculpas. Frases como “Eu não estava esperando X acontecer…” começam a ser seu lema e você acaba empurrando os seus objetivos que a dias atrás você mesmo disse que eram importantes.

O caos e a imprevisibilidade da vida é um dos fatores que faz com que aderência a seus objetivos se torne difícil. O que nos leva para as questões importantes. Como você pode ficar consistente quando a vida do dia-a-dia é tão imprevisível? Como você pode planejar para o caos?

Uma das ferramentas pode ser a redução do escopo do objetivo.
Por exemplo, se você planejou ir a escrever 500 palavras toda segunda e quarta mas aquele cliente importante ligou e marcou a reunião exatamente no horário que você pretendia escrever.
Que tal escrever só 100 enquanto você espera ele chegar para a reunião e depois escreve o resto?

Outro exemplo é se você planejou ir a academia a noite, mas hoje está realmente cansado para fazer o treinamento todo.
Que tal fazer só 1/3 do treinamento e se estiver bem, continuar até o fim?

A técnica do Se; Então; também é outra valiosa ferramenta.
Essa é uma das melhores maneiras para planejar o caos e manter seus objetivos, mesmo quando a vida fica uma loucura porque ela força você a criar uma estratégia para reduzir o escopo, mas que se adapta ao horário antes de você realmente precisar pensar em desistir.

Tudo que você precisa fazer é completar esta frase: ” . Se [algo inesperado acontecer], então [a sua resposta ]”

Por exemplo, se eu não acordar a tempo para correr amanhã de manhã , então eu vou correr depois do trabalho.
Se eu não posso fazer yoga durante meu horário de almoço, então eu vou fazer uma pausa para repassar a aula anterior em casa esta tarde.
Se eu comer algo industrializado no almoço, então eu vou cozinhar uma refeição saudável para o jantar.

As técnica Se; Então; te força a considerar as circunstâncias imprevisíveis que certamente vai entrar no seu planejamento. E isso significa que você tem menos desculpas para não fazer nada e mais opções para concluir seus objetivos.

Você também pode usar esta técnica como uma forma de planejar performances ruins também. Por exemplo, um jogador de basquete poderia dizer: “Se eu perder 10 lances livres no treino, então eu vou visualizar -me fazendo 20 lances livres antes de eu dormir esta noite.”

É uma maneira útil de forçar-se a pensar em como você vai praticar deliberadamente ao invés de apenas colocar o seu tempo quando der.

Quando você não pode fazer tudo, faça alguma coisa pequena. Mas faça.

Anúncios